30 de ago de 2012

Aloha Welcome to Hawaii

Não foi a primeira vez que piso em terras havaianas,  mas essa última viagem ao Havaí despertou um sentimento especial por este lugar que virou  um símbolo mundial de “paraíso na terra”. O Havaí é composto por várias ilhas, a mais conhecida é O’ahu onde fica a badalada capital Honolulu. As demais ilhas são Maui, Kauai, Hawaii (Big Island), Molokai e Lanai.
A primeira vez que estive no Havaí conheci apenas a Big Island, pois tenho família que mora por lá. Era minha primeira vez em solo havaiano e era inevitável não ter imagens na cabeça de praias de águas cristalinas e coqueiros, ondas gigantes e noites estreladas com luau na praia ... Quando cheguei na Big Island, já senti aquele cheiro úmido de paisagem tropical espalhado pelo ar! Mas as praias paradisíacas ficaram apenas no meu sonho. A primeira praia que visitei era Rapuna, areia escura, ao invés de coqueiros havia castanholeira e a água  parecia muito com a do meu saudoso Rio Negro no Amazonas. Confesso que veio uma pontinha de decepção, talvez porque eu não tinha muita informação sobre as ilhas do Havaí. A Big Island tem formação vulcânica, o que não proporciona características de praias claríssimas (caribenhas) que muitas vezes projetamos na cabeça quando pensamos no Havaí. Mas isso não tira o encanto desta ilha, que me conquistou.
Em uma manhã você pode está na praia curtindo aquele sol,  ao se deslocar mais um pouco é como se estivesse em uma floresta tropical úmida e pode acabar o dia com roupas de frio fazendo boneco de neve no Mauna Kea.

Mas voltando a esta viagem, fomos conhecer pela primeira vez as ilhas de O’ahu e Kauai. E foi como se eu tivesse colocado a primeira vez meus pés neste solo, sentido pela primeira vez aquele cheiro úmido e tropical desta terra e visto pela primeira vez um povo sorridente dizendo Aloha welcome to Hawaii


Não tem como não ficar contando as horas, minutos  e segundos quando se está viajando para o Havaí.
O trajeto até chegar o Havaí é longo, saímos de Curitiba com destino final a Oahu. Até a primeira parada nos Estados Unidos foram aproximadamente 10 horas de voo. Descemos no aeroporto de Dallas (Texas) que achei melhor, que ao partir de Los Angeles. Entre entradas e saídas por aeroportos, após quase 20 horas a felicidade toma conta geral, quando os primeiros avisos sobre o pouso são anunciados, seguido da famosa melodia de fundo com musiquinha havaiana que remete imediatamente o pensamento "estou de férias! Cadê minhas havaianas e a água de coco?". Mas o melhor é pra quem conseguiu assento ao lado da janela, só de ver a pontinha do paraíso pelo ar já aumenta a ansiedade.


É chegamos no Havaí, a partir de agora fica terminantemente proibido dizer "Hello".  O "Aloha" entra tão fácil no nosso vocabulário e ouvir este som nunca pareceu tão familiar.

Aloha Welcome to Hawaii


E a musiquinha que tocava no avião se estende pelo saguão, com um som meio desconhecido mas não demora muito pra nos hipnotizarmos com as belas moças dançando músicas tradicionais pelo aeroporto. 



Só não fique esperando pelas "lei",  que são os famosos e tradicionais colares de flores naturais. As "leis", foram difundidos na cultura havaiana pelos polinésios. Ok! faz parte da cultura havaiana. são comumente entregues para expressar as boas vindas. Mas se você não tem um agente de viagem esperando-o no aeroporto ou parente, não fica feio comprar uma no próprio aeroporto, que tem desde colares de semente, flores de plásticos às flores mais fresquinhas, que são acondicionadas em uma espécies de geladeira. Oahu é a ilha que mais recebe turistas entre as demais ilhas havaianas e estou falando mais de  7 milhões por ano. Imagina entregar uma "lei" para cada turista?

Oahu pra nós foi apenas a porta de entrada pro Havaí, tivemos 3 dias nesta ilha que se Deus quiser terei tempo pra explorar numa próxima vez. Mas vou relatar nos próximos textos um pouquinho desses 3 dias que deixou com a sensação de "quero voltar". Aqui vai um mapinha pra começar a familiarizar-se.
Fonte: http://www.planetware.com

Dicas Gerais:

Fuso horário - Dependendo se estamos no horário de verão ou não, no Havaí são aproximadamente 7 horas a menos em relação ao horário de Brasília. Então é sempre bom colocar dias extras em sua viagem pra poder se acostumar com o fuso. Nessa viagem eu particularmente não tive problemas, por incrível que pareça por mais exaustiva que foi consegui dormir bem e me acostumar com o horário. 

Voos a partir da mainland - Os voos mais curtos que partem do Estados Unidos são de Los Angeles e São Francisco, que dura aproximadamente 5 horas. Nessa vez peguei em Dallas que demorou um pouco mais, em compensação achei o aeroporto menos aglomerado que o de Los Angeles. 

Hospedagem - Ficamos no New Otani Hotel, é um hotel antigo na cidade, como uma boa estrutura e um pouco afastado do Centro de Waikiki (principal área comercial), fica próximo ao Aquário de Honolulu. Parte do hotel foi reformada e tem uma vista incrível para o mar, que não foi o quarto que ficamos, hehe. Em Oahu o que não falta são opções de hospedagem, que atende a todas as classe de turistas.





Aloha from Hawaii!


Nenhum comentário:

Postar um comentário