20 de mai de 2011

Curitiba: Domingo é Dia de Feirinha

Aos domingos o Centro Histórico de Curitiba transformar-se no lugar mais especial da cidade. É uma mistura de sons, sotaques, indivíduos, arte ... tudo isso reunido na forma mais primitiva de comércio popular que são as feiras.
Carinhosamente modestamente  chamada de "Feirinha" do Largo da Ordem, este espaço abriga mais de 200 barracas com os mais variados tipos de produtos, que vão desde bijus, pinturas, vidraçaria, cerâmicas, couro, bordados, artigos de decoração, lembrancinhas para casamento, baby chás e a lista não para de crescer. É pra se esbaldar com tanta coisa !!



Moro em Curitiba faz uns anos e não canso de passar por lá. Por mim iria um domingo sim e o outro também. Às vezes gosto de ir só  pra olhar a muvuca ou matar saudade e comer uma tapioquinha, comida típica da minha terrinha Manaus. Feiras tem de tudo, né?  Já tenho até uns amigos por lá como o carioca que faz deliciosas pamonhas e tapiocas e a tia da barraca ao lado que tem o melhor café do largo.
 
Cural, milhos e pamonhas do Carioca
E você homem! que não tem paciência pra está no meio dessa muvuca gostosa, também tem coisas pra você fazer. Há exposição de autos antigos que deixam todos babando, além de um grupo de motoqueiros que reúnem em frente a um bar chamado The Farm e expõem suas motos altamente turbinadas. Agora vão me dizer que não gostam de carro e motos?
  
 
    

Para os apreciadores de arte, colecionadores de disco de vinil, amante de livros antigos este também é o seu lugar. Há inúmeras lojinhas antigas, galerias de artes, sebos ao longo do largo que estão abertas também aos domingos até as 14:00 horas.
O Centro Histórico é privilegiado por sua arquitetura local, os casarões antigos, muitos deles restaurados, dão um colorido ao ambiente. É uma área que vale a pena passar o fim de semana desbravando-a, conhecendo as igrejas, o Museu Paranaense, o Memorial de artes de Curitiba.
  
  
O dia pode ser encerrado com chave de ouro em um dos restaurantes ou bares da região. Pessoas de todas as idades lotam o calçadão do largo no fins de semana. Um dos bares mais tradicionais é o Bar Schmarzmald vulgo Bar do Alemão, que serve o melhor submarino a cidade e pode ser acompanhado pelo famoso marreco recheado. Destaque também pra Casa Lilás um  bistrô aconchegante que tem um belo jardim e guloseimas para beliscar.

 
Informações A Feira do Largo da Ordem funciona todos os domingos a partir das 9:00 encerrando por volta das 14:00.
 
Dica: Por mais difícil que seja acordar cedo aos domingos, tente chegar no início da feira! Por volta das 10:30 é quase intransitável.
 Algumas barracas aceitam cartão de crédito, mas é bom levar dinheiro. Também tem um carro móvel do banco HSBC no largo. 





                  

2 comentários:

  1. E é boa esta "feirinha"... tenho a vantagem de morar relativamente perto, umas 4 quadras, então domingão é quase sagrado!!! Tem uma Empanada lá que é a minha perdição... Afff

    Abs,

    ResponderExcluir
  2. Nossa é sem dúvida um dos meus lugares preferidos aos domingos de manhã ... sempre arranjo uma desculpinha pra passar por lá, hehe

    ResponderExcluir