10 de abr de 2012

Curitiba: It's all about food

Após quatro anos morando em Curitiba, cheguei a seguinte conclusão: Tudo nesta cidade gira em torno de comida e as inúmeras áreas verdes existentes (que são +/- 2.200 hectares) foram apenas criadas com propósito da população gastar todas as calorias. Oh povo magro, bonito e que come! Brincadeiras a parte, antes  que me mostrem estudos sobre a importância das áreas verdes, vamos voltar a falar de comida. A cidade realmente dispõe de uma ampla variedade de serviço gastronômico, não conheço o número de restaurantes por habitante, até que seria um dado interessante, mas apostaria que a capital paranaense fica entre as grandes capitais que oferece uma ampla opção de serviço gastronômico e de excelente qualidade.
Enquanto uns são ratinhos de praia, a minha praia é outra e confesso que salivo só de falar sobre o assunto. Minha lista não para de crescer e tem sempre um lugar novo surgindo e competindo neste mercado, fica até difícil retornar nos lugares favoritos. Pra quem curte um turismo mais gastronômico os meses de março e abril aqui na cidade, sem dúvida são de deixar todo mundo de boca aberta. Aconteceu recente, mas não custa falar e deixa-los avisado para o próximo ano, o Gastronomix, que é considerada a "Quermesse" da alta gastronomia e acontece paralelo ao Festival de Teatro de Curitiba, que já está em sua 21 edição. O Gastronomix conta com diversos chefs convidados de todo o Brasil, que oferecem deliciosas iguarias para degustação em tradicionais barraquinhas. A parte mais legal é a questão da gastronomia responsável, onde procura-se enfatizar o consumo de "local food", os produtos são orgânicos e desperdício é uma palavra fora do lema deste evento. É claro que eu e meu digníssimo fomos lá conferir :]


Bobó de camarão do Akuaba do Estado de Maceió- AL 
Chef Celso Freire o curador do evento
Geralmente o Gastronomix acontece no Museu Oscar Niemeyer , vulgo museu do olho. Os preço das porções este ano ano foi mais em conta R$10,00 por prato, ano passado foi R$15,00. Espero que para os próximo anos mantenha-se mas barato pois assim da pra provar mais! Ah vocês viram na foto do bobó de camarão? Nada de prato descartáveis, a louça foi patrocinada pela Oxford e os talheres foram   de madeira para serem reutilizados. A única coisa ainda pendente no quesito desperdício foram em relação aos copos que ainda eram descartáveis. Mas quem sabe no próximo não tenha uma solução?

Enfim, toda essa comilança foi no mês de março e agora em abril tem mais!


Está acontecendo mais uma edição quentinha do Curitiba Restaurante Week. O evento começou dia 09 e vai até dia 22 de abril. São mais de 50 restaurantes participando. Os preços são fixos, incluso entrada, prato principal e sobremesa. O almoço é R$ 29,90 e jantar é R$ 39,90 ou R$ 43,90, pode adicionar R$ 1,00 e contribuir para o Hospital Pequeno Príncipe.  A lista completa pode ser visualizada aqui -> Curitiba Restaurant Week
Três dos meu restaurantes favoritos estão participando, que são o C La VieArragui  (que quem me indicou foi a Carol do Travel Forever) e a Avenida Paulista. Uma pena que não tenho fotos das delícias de todos eles, mas aqui vai pelo menos duas. 
Picanha do C la Vie


Lula - C La Vie
Vou deixar uma listinha aqui dos meus restaurantes favoritos que não estão participando, mas vale a pena passar por lá e conferir. Curitiba tem uma fusão gastronômica de vários países que é reflexo de sua formação histórica, como alemães, poloneses, italianos ... fora nossa tradicional e autêntica comidinha brasileira.


Churrascaria: Batel Grill; KF grill; Jardins Grill. Todas são sistema de rodízio e não só de carnes, mas tem um buffet completo com saladas, oferecem massas e até rola uma comida japonesa para agradar de gregos a troianos.


Bar: Jacobina; Quermesse; Gonzales y Garcia. O Jacobina é um lugar que remete aos velhos botecos, todo o ambiente é decorado com peças antigas como vitrola, ferro de passar, baleiros e outras quinquilharias, lembra muito os botecos de BH. O bar é aberto para almoço com pratos fixos por dia da semana, e abre também para happy hour até 1 da matina, de segunda a sábado. 
Quermesse o nome faz jus ao estilo do bar, ambiente totalmente informal, cheio de alegria e com decoração antiga de madeira de demolição, tem excelente petiscos e comida caseira. 
E finalmente chegou um cantinho espanhol mais informal na cidade que oferece tapas, sangria e comidinha típicas da Espanha e é cheio de promos até as 20:00 horas. O Gonzalez y Garcia , os sócios deram um volta da Espanha por alguns dias só pra trazer algumas peças para aclimatar o ambiente e funcionou muito bem, não deixe de provar o pulpo à galega!




Música ao vivo: Santa Marta; Matriz & Filial. O Matriz & Filial, é um dos poucos lugares da cidade que tem salsa. Todas as quinta-feiras a partir das 19:00 horas o ritmo caribenho invade o bar com o melhor da música latina da cidade. Mulher não paga até as 21:30. Ah tem sempre uns instrutores que passam várias dicas da dança.


Pizza: Avenida Paulista; Baggio.


Francês: Ile de France


Feijoada de Quintal: Panta Gruel 


Oriental: Nakaba; Ravanello


Burger: Madero; Outback Steakhouse


Fusion Food: Arragui


Volcano wings: The Subs


Indiano: Swadisht (espaço indiano mas que também serve thai food).


Alemão: Restaurante Schwarzwald vulgo Bar do Alemão (recomendo o marreco recheado).


Se vocês tem mais algum pra recomendar só deixar aqui ;) 
Conforme for lembrando vou atualizando aos poucos a lista.


E quando passar pela capital paranaense desfrute sem culpa do que a cidade tem de melhor. E se ficar com culpa traga um par de tênis e lembre-se dos parques ;)






"If you're afraid  of butter, just use cream"
Julia Child





Nenhum comentário:

Postar um comentário