11 de jun de 2011

De volta ao passado em Penela


Talvez poucos de vocês tenham ouvido falar de Penela, também era uma desconhecida pra mim até chegar a época da minha lua-de-pipoca (não sou fã de mel). Sempre tive curiosidade de conhecer Portugal então eu e meu digníssimo resolvemos "planejar" uma viagem até lá.
  
E foi nosso amigo google que nos ajudou a descobrir esta vilazinha localizada próximo ao Distrito de Coimbra. Foi mais ou menos assim: Eu queria um lugar em Portugal próximo a montanhas. Ele queria um lugar que tivesse cascata. E resultou em montanha + casa + cascata + Portugal  = Casa da Cascata em Penela.

Trajeto: Saímos de Porto sentido Penela, viagem de 2 horas, com uma carta com as instruções na mão e um mapa (sempre).

Estávamos um pouco cansados da viagem, mas era tudo novidade e o trajeto não parecia ser longo. Paramos em alguns vilarejos para almoçarmos só que na hora do almoço muitos estabelecimentos estavam fechados, rs. Encontramos um aberto que por sinal era uma churrascaria no meio do nada de um gaúcho e foi ali que comemos picanha. 
 A medida que íamos pro interior seguindo as instruções, mais curiosos ficávamos, pois não tinha um site sobre a casa alugada e nem muitas informações sobre a vila. Vimos algumas  fotos que o proprietário enviou (não confie 100% em fotos) às vezes pode ser uma roubada.

Conforme nos aproximávamos era um sentimentos de surpresa e confesso que um pouco de nervoso, afinal era nossa lua-de-mel.  Mas depois de passarmos por vilas e mais vilas, zonas rurais e cidade que pareciam quase inabitadas ... Chegamos !!
 




Grata surpresa! Era tudo tão antigo, tão primitivo que parecia que tínhamos sido teletransportados e voltado à dois séculos passados. Era bonito ver as oliveiras ao longo da estrada, castelos antigos, ruínas, os campos de papoilas. Neste momento tive certeza o quanto seria especial aquele lugar.

A Casa da Cascata

Era linda ... mais do que esperávamos. Uma casa feita de pedras, dois andares, com uma piscina que dava pra uma vista incrível, muitas rosas, a cascata (tinha uma dentro da propriedade) e copos-de-leite (minha flor preferida) espalhado por todos os lados. Fomos recebidos com bons queijos, vinhos e uma nota muito simpática do proprietário :)





Penela é atrativa justamente por não ter apelo turístico. Não há sinais de muvuca, flash, restaurantes sofisticados. Pode ser até mais uma vila para os moradores locais, muitos destes nunca saíram de lá. É o lugar perfeito pra descansar, namorar,  visitar produções de azeites,  acordar de manhã cedo ir ao mercado e ver a população local apreciando um bom vinho antes das 8:00 da manhã, conhecer as vinícolas da região. É o lugar pra não se preocupar!


Castelo de Penela


O mais surpreendente é que nesta vila tão antiga, na praça central tem internet wi-fi  gratuita. Pelo período de 1 semana que estivemos na região éramos um dos poucos que acessavam a internet. 
Descobrir Penela foi uma experiência que valeu a pena. Espero logo poder sair por aí e descobrir outro lugarzinho, perto ou longe ...  não importa.



No fim do mês de abril acontece a Feira Medieval no Castelo de Penela, grande evento histórico da cidade.
 Informações: Penela Turismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário