5 de abr de 2011

VENEZA: Ciao, Bella!


Romântica, centenária, com personalidade e muito glamour. Comuna italiana mundialmente famosa pelos seu canais,  gôndolas é destino preferido para muitos casais apaixonados. Veneza é a cidade que dispensa toda essa introdução. 

É fácil recortar a cidade caminhando pelas suas inúmeras vielas irregulares, que assemelham-se mais a um  labirinto cheio de surpresas. Veneza é traçada fortemente pela arquitetura bizantina, vista nas igrejas  como Santa Fosca, Torcello, Santa Maria e a famosa Basílica de São Marcos. É marcante  também a ascensão da influencia renascentista presente nas arcadas e  pinturas, que valorizam mais as cores e nuances da luz. Pode-se afirmar que Veneza é uma universidade a céu aberto.


AS GÔNDOLAS VENEZIANAS 

Por ter o tráfego essencialmente fluvial, o principal meio de transporte são os vaporettis ( ônibus fluviais). As famosas gôndolas são utilizadas apenas com objetivo turístico.


O passeio de gôndola pode ser umas das mais prazerosas experiências! O gondoleiro passa lentamente pelos canais  estreitos exibindo um pouco da história da cidade, durante o percurso pode-se apreciar o som de belas músicas italianas, tocadas por artistas que estão em cada esquina. Mas se você estiver disposto a desfrutar desse momento, esteja com seu bolso preparado e esqueça a questão do preço, para não se estressar. Lembre-se, você está pagando por uma experiência! Os passeio de gôndolas são caros, os preços começam a partir de 80,00 e são praticamente inegociáveis. Acerte antes o trajeto e a duração. Minutos adicionais são BEM cobrados. E bom passeio, é realmente de tirar o fôlego !

PIAZZA SAN MARCO - Le plus élégant salon d'Europe


Definida por Napoleão: " O salão mais elegante da Europa". A praça San Marco tem uma beleza singular. Após andar por aquelas minúsculas e apertadas vielas e deparar com esta praça é como se entrasse em um amplo salão, suntuoso, cheio de movimento, lotado por turistas e pombos. Ao redor destaca-se a Basílica di San Marco, a Torre dell'Orologio e o Palácio Ducal (Palácio do Doge).


BASÍLICA DI SAN MARCO 
                                                                               

 É a igreja mais famosa de Veneza, por dentro é revertida de mosaicos fazendo uma junção do estilo bizantino e gótico. Estes mosaicos contém muito ouro, bronze e uma variedade de pedras. É nesta igreja que se encontram os pertences e restos mortais de São Marcos, que foram saqueado de Alexandria, Egito em 828 d.C.
 ** Entrada gratuita

PALÁCIO DO DOGE

Era a antiga sede do Doge (Chefe) de Veneza e da Magistratura Veneziana, foi sede do governo e prisão. Hoje em dia é o Museu Cívico do Palácio Ducal. Nos fundos do palácio está a Ponte do Suspiro, que liga o palácio a prisão. É assim chamado porque os prisioneiros que passavam por aquela ponte davam seu último suspiro e viam pela última vez a imagem da bela Veneza por minúsculas janelas.




 AS MÁSCARAS VENEZIANAS

De cores intensas, muito brilho, feições marcantes as belíssimas máscara venezianas fazem sucesso nos bailes, óperas e carnavais em Veneza. São confeccionadas com papel machê e uma excelente opção de souvenir.

O Carnaval em Veneza é uma das festa mais antigas iniciada no século XVII onde a nobreza usavam as máscaras e se misturavam entre o povo, que dificultava a identificação das pessoas. Hoje a festa tem duração de 10 dias e acontece entre Fevereiro e Março (inverno). Diferente da folia e grandes alegorias do Carnaval Brasileiro, é um bonito espetáculo sobretudo por suas fantasias e máscaras que são o principal adorno.

Ópera em Veneza
Mascarados

GRANDE CANAL 
Faça um passeio também pelo Grande Canal, é a maior "rua" de Veneza, basta pegar uns dos vaporettis e apreciar a bela paisagem e movimento de ponta a ponta do canal.

COMER E DORMIR EM VENEZA

O que tem de linda tem de caro nesta cidade. Não conheço toda a Europa mas apostaria que Veneza é uma das cidades mais caras de lá. Restaurantes próximos ao grande canal são sempre com valores mais elevados, há inúmeros restaurantes super charmosinhos escondidinhos nas vielas de Veneza, nestes consegue um preço razoável. Pra quem curte fast food essa é a opção mais barata. 
A regra é a mesma para os hotéis, quanto mais próximo do Grande Canal, mais caros. Reserve €100,00 para diária de um casal, com um pouco mais de conforto. Faça seus planos com antecedência  pois os preços podem duplicar ou até mesmo pode não encontrar reservas de última hora.


Há também albergue que ficam próximo a estação de trem esta é uma outra opção:

 MINHAS IMPRESSÕES

Veneza é aquela cidade de muitas opiniões e sentimentos. A cidade me impressionou com toda sua história e riqueza cultural. Era maravilhoso poder sentir e ver tudo de perto. Mas confesso que fiquei um pouco desapontada com a qualidade dos serviços oferecidos pela bela Veneza. Por ser altamente turística, já espera-se que TUDO seja muito caro, afinal, hoje em dia a economia da cidade gira em torno do turismo. Mas pagando-se preços elevados também é esperado no mínimo, bom atendimento, que foi uma coisa que EU particularmente não vi.  Devido as constantes enchentes na cidade muitos prédio estão arruinando e estão muito velhos, que fica claro que não tem  manutenção. Tem aqueles que dizem: Por que manter se a o charme está no velho? Há muitos que concordem com este ponto de vista, não estou falando em pinturas fortes ou modificar  a arquitetura original, estou falando apenas de uma falta de zelo com prédios tão belos e tão apreciados pelo mundo inteiro.

Não tenho muitas conclusões, acho que pra você tirar conclusões sobre determinado lugar é interessante e recomendado que você volte pelo menos mais uma vez. Pois nem sempre a primeira impressão é aquela que realmente é !

Quando ir a Veneza? Fui na primavera e visitar a Europa nesta época do ano é maravilhoso, pelo clima, paisagem e também porque não é período de férias. Apesar de ter enfatizado a questão de preços altos em Veneza, é uma cidade espetacular, se tiveres oportunidade de ir não deixe de inclui-la em seu roteiro nem que seja apenas por um fim de semana e tirar suas próprias conclusões.


VISTO: Não é necessário visto pra visitar a Itália e muitos países da União Europeia. Mas esteja em dia com seu cartão de vacinação de Febre Amarela, que é válido por 10 anos.

Um comentário: